quinta-feira, 17 de junho de 2010

Um Passo pra Frente, Outro Pra Trás - O Lento e Vacilante Caminhar rumo à Nãodiscriminação

Noticiei aqui, com alegria, a atitude da Ouvidora da EBC (Empresa Brasileira de Comunicação) quando, respondendo a carta de um leitor, posicionou-se firmemente contra o endosso a práticas de desqualificação disfarçadas de um suposto humor, através da radiodifusão de música de forte conteúdo homofóbico.

Tratava-se da uma "música" de nome "Galo Boiola", que havia sido executada pela Rádio Nacional AM do Rio de Janeiro.

Posteriormente, há duas semanas atrás, a mesma EBC realizou a sua I Audiência Pública, no auditório da mesma Nacional AM RJ, o que também foi aqui noticiado. Naquela ocasião, o Superintendente de Rádio se comprometeu em veicular conteúdos visando a superação dessa mentalidade estigmatizadora das diferenças, no caso em questão, da orientação sexual e identidade de gênero.

Surpreendentemente, porém, na terça-feira da semana passada, dia 08, por volta das 15 horas, a mesma emissora executou, no programa PAINEL NACIONAL, apresentado por GLÁUCIA ARAÚJO, outra "música" discriminatória, desta vez em relação às mulheres - em um programa apresentado por uma!

Foi a "música" "Melô da Galinha", interpretada por Dicró e composta por "Pedrinho da Flor". Seu conteúdo pode ser constatado a seguir.

No mesmo dia encaminhei meu protesto à Ouvidoria da EBC. Estranhamente, contudo, passado mais que uma semana, até a presente data nenhuma resposta foi apresentada pela Empresa ou pela Emissora.

Não creio que exista duplicidade de entendimento na EBC no tocante ao tipo de discriminação - se de gênero ou de orientação sexual. Talvez seja esse clima de vuvuzela que não venha deixando a Ouvidoria seguir com o seu excelente trabalho.

Bem se vê que a luta em prol de uma sociedade respeitosa, fraterna, não discriminatória é ainda um processo em curso.

"Melô da Galinha
Intérprete: Dicró - Composição: Pedrinho da Flor

O jorginho estrela negra
Como é o nome mesmo daquela mina
Que mora na tua rua?
Ih! dicró, não mexe com isso não % 1. é rabo!
Você sai de casa igual a uma bonequinha
Toda alinhada, maquiada, cheirosinha...
Mas lá na esquina o povo sempre diz que você é galinha
Você não tem bico, não tem pena, não tem asa
Não entendo nada por isso fico na minha
Só sei que na esquina o povo diz que você é galinha
Já disse, não adianta você vir me explicar
Porque eu já conheço muito bem a sua manha
Quando não lhe chamam de galinha chamam de piranha. (piraaanhaa....)
Já disse, não adianta você vir me explicar
Porque eu já conheço muito bem a sua manha
Quando não lhe chamam de galinha chamam de piranha.
Pode crer, a danada é bonitinha
Mas, na sua bolsa não tem nada, só tem camisinha.
Pode crer, todo mundo já lhe manja
Se ela tomar banho quente vira uma canja
É ou não é?
Você sai de casa igual a uma bonequinha
Toda alinhada, maquiada, cheirosinha..
Mas lá na esquina o povo sempre diz que você é galinha(galiinha)
Você não tem bico, não tem pena, não tem asa
Não entendo nada por isso fico na minha
Só sei que na esquina o povo diz que você é galinha
Já disse, não adianta você vir me explicar
Porque eu já conheço muito bem a sua manha
Quando não lhe chamam de galinha chamam de piranha.(piranhaa)
Já disse, não adianta você vir me explicar
Porque eu já conheço muito bem a sua manha
Quando não lhe chamam de galinha chamam de piranha.
Pode crer, a danada é bonitinha
Mas, na sua bolsa não tem nada, só tem camisinha.
Pode crer, todo mundo já lhe manja
Se ela tomar banho quente vira uma canja
Você sai de casa igual a uma bonequinha
Toda alinhada, maquiada, cheirosinha...
Mas lá na esquina o povo sempre diz que você é galinha(galiinhaa)
Você não tem bico, não tem pena, não tem asa
Não entendo nada por isso fico na minha
Só sei que na esquina o povo diz que você é galinha(carijó)
Já disse, não adianta você vir me explicar
Porque eu já conheço muito bem a sua manha
Quando não lhe chamam de galinha chamam de piranha.(piranhaa)
Já disse, não adianta você vir me explicar
Porque eu já conheço muito bem a sua manha
Quando não lhe chamam de galinha chamam de piranha.
Já disse, não adianta você vir me explicar
Porque eu já conheço muito bem a sua manha
Quando não lhe chamam de galinha chamam de piranha
Já disse, não adianta você vir me explicar
Porque eu já conheço muito bem a sua manha
Quando não lhe chamam de galinha chamam de piranha
Já disse, não adianta você vir me explicar(isso vai dar um bololô danado)
Porque eu já conheço muito bem a sua manha(vai chamando a mulher de galinha...)
Quando não lhe chamam(ja é) de galinha chamam de piranha.

Obs.: Imagens originárias de, respectivamente:
http://www2.uol.com.br/omossoroense/261105/index.htm
http://osegundosexo.files.wordpress.com/2009/11/mafalda.jpg
dinandnoise.com/din168.html

(3221)

Um comentário:

Rita Colaço Brasil disse...

Recebi ontem, 06.09.10, a resposta da Ouvidoria da EBC:
"Sobre sua última mensagem, gostaria de lhe informar que a apresentadora assumiu o equívoco na transmissão da música "Melô da Galinha", inserida na programação diante de uma brecha gerada pela ausência de uma entrevista previamente agendada.

Os gestores da Rádio Nacional do Rio lamentaram a veiculação da referida faixa e informam que houve reunião de equipe da Rádio Nacional na qual se reiterou ordem para que nenhuma música seja levada ao ar sem a aprovação prévia dos responsáveis pela programação musical da emissora.

Continuamos à sua inteira disposição para quaisquer esclarecimentos e contamos com sua contínua participaçãoo para o aperfeiçoamento das emissoras da EBC.

Atenciosamente,

Fernando Oliveira Paulino
Ouvidor Adjunto
EBC"

=====================
Seria produtivo se @s ativistas hegemônicos dos movimentos LGBTs solicitassem uma oficia sobre práticas democráticas e republicanas junto à Ouvidoria da EBC.
Todos teriam a ganhar.